Detidos burladores que cobravam dinheiro com promessa de empego nos CFM

0
389

Detidos burladores que cobravam dinheiro com promessa de empego nos CFM

Beira (Canalmoz) – Dois homens, com idades de 25 e 32 anos, residentes na cidade da Beira, estão detidos, desde a tarde da passada quarta-feira, na 8.ª Esquadra da Polícia da República de Moçambique, indiciados de burlar cidadãos, com promessas de emprego na empresa pública Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM). Da acção de burla já haviam conseguido angariar das vítimas 52.000,00 meticais.

Os indiciados confessaram o crime e alegam que estavam envolvidos neste esquema por falta de emprego e por fome.

As vítimas depositavam o dinheiro e tinham de apresentar o comprovativo do depósito aos burladores, que haviam montado o seu escritório no recinto dos CFM, onde assinavam uns contratos falsos. Uma das vítimas do esquema depositou 7.000,00 meticais e levou o comprovativo ao recinto dos CFM-Centro, na Beira, onde assinou um contrato de emprego com os burladores. Acontece que esse contrato era falso.

“Trata-se de uma quadrilha que se dedicava à falsificação de contratos de empregos e burla. Os indivíduos sãos confessos e alegam já terem burlado catorze pessoas”, disse o porta-voz da Polícia.

A chefe do departamento dos Recursos Humanos nos CFM-Centro, Florinda Vicente, lamentou o sucedido e decalrou que não existem vagas à venda na empresa. “É um cenário triste. Todas as vagas de emprego são anunciadas com antecedência e publicadas em jornais de maior circulação no país”, afirmou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × 5 =