“Empresa Municipal de Transportes da Beira” já está a funcionar

0
737

“Empresa Municipal de Transportes da Beira” já está a funcionar

Já não se chama “Transportes Públicos da Beira”. Agora é “Empresa Municipal de Transporte Público da Beira”.

Beira (Canalmoz) – O presidente do Conselho Municipal da Beira, Daviz Simango, conferiu posse, no sábado, ao novo corpo directivo da “Empresa Municipal de Transporte Público da Beira”, que sucede à extinta “Transportes Públicos da Beira”.

Daviz Simango exortou os novos dirigentes a guiarem-se por mais responsabilidade e a garantirem a circulação dos onze autocarros públicos, ao serviço do cidadão.

A nova Direcção é constituída por um director-geral, um director-geral-adjunto e chefes de Administração e Finanças, Manutenção e Fiscalização, os quais, na sua maior, parte vêm da Direcção da extinta “Transportes Públicos da Beira”.

Até à passda sexta-feira, a extinta empresa de “Transportes Públicos da Beira” era gerida por uma Comissão de Gestão, que assumia a direcção desde Outubro de 2015. Com a assinatura dos termos de entrega da empresa, no dia 6 de Julho de 2017 – sendo 70% para o Conselho Municipal da Beira e o restante para o Conselho Municipal do Dondo –, os seus integrantes ficaram apenas para reproduzir o relatório final.

O relatório foi enviado ao Ministério dos Transportes e Comunicações e, de imediato, a Comissão de Gestão cessou as suas funções. Chegou a ser criada uma outra Comissão, que integrava pessoal do Conselho Municipal da Beira e do Conselho Municipal do Dondo.

A 11 de Setembro do ano passado, o Conselho Municipal da Beira convocou a imprensa para renunciar à gestão da extinta empresa “Transportes Públicos da Beira”. Os seus representantes abandonaram o escritório da empresa. Os funcionários municipais do Dondo asseguravam o dia-a-dia da extinta empresa, até que foram atendidas pelo Governo as exigências de Daviz Simango.

“Este é o culminar de um processo que já vem de longa data. Apelo para que a nova Direcção, hoje empossada, seja feita de pessoas de muita responsabilidade e com o objectivo claro de servir a população. Nós somos implacáveis com a corrupção, somos alérgicos a gente de mau comportamento. Do mesmo modo que os empossei, também será assim que vão sair”, disse. (José Jeco)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × 3 =