Marido traído incendeia uma casa onde se encontrava a sua esposa

0
576

Marido traído incendeia uma casa onde se encontrava a sua esposa

 Na casa, encontrava-se também um suposto amante da esposa.

Beira (Canalmoz) – Um cidadão de 39 anos de idade, de nome Alfredo Nhama, professor, encontra-se detido, desde a passada quinta-feira, nas celas do Comando Distrital da PRM, no distrito do Búzi, província de Sofala, acusado de homicídio frustrado, por ter ateado fogo a uma casa onde se encontrava a sua própria esposa com um alegado amante.

Duílio Ernesto, comandante distrital da Polícia no Búzi, disse que o crime ocorreu cerca das 2h00 da madrugada, quando a mulher se ausentou de casa, para se ir amantizar com o vizinho, também professor, e que é colega do esposo.

Alfredo Nhama, apercebendo-se que a sua esposa se encontrava no interior da residência do seu colega de profissão, trancou as portas com um cadeado e, de seguida, atirou gasolina para o tecto da residência e incendiou-a.

Como consequência, as duas vítimas contraíram queimaduras graves e tiveram de ser transferidas para o Hospital Central da Beira, onde recebem cuidados médicos.

O indiciado encontra-se detido e confessa o crime e diz que agiu sob efeito do nervosismo e do ciúme, pois já tinha conhecimento do acto imoral que a esposa praticava na sua ausência, com o seu colega de trabalho.

“Quando vi a minha esposa a entrar na casa do vizinho, não pensei em mais nada, levei um litro de gasolina que previamente já tinha preparado e lancei sobre a residência, incendei-a, mas sem ter trancado a porta com nenhum cadeado, como a Polícia alega”, disse  Alfredo Nhama e acrescenta que está muito arrependido pelo crime que praticou. (José Jeco)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezoito − cinco =