Moçambique “é uma história lamentável”

6
465

Director da “Fitch” sobre a dívida oculta e os incumprimentos

Moçambique “é uma história lamentável”

 Tony Stringer alerta que o país tem de resolver a dívida para ser atraente para os investidores.

Maputo (Canalmoz) – Moçambique continua a falhar o pagamento das prestações do serviço da dívida oculta. Tony Stringer, director do departamento de “ratings” da agência de notação financeira “Fitch”, alertou, no domingo, que Moçambique tem de resolver o caso da dívida escondida para voltar a ser um destino atraente para os investidores.

Segundo Tony Stringer, Moçambique “é uma história lamentável” e está na classificação de “RD” (Restricted Default) [Incumprimento Financeiro Selectivo] “desde 2016, quando foram descobertas as garantias estatais não identificadas a empresas públicas”.

Segundo Tony Stringer, Moçambique entrou na espiral da dívida devido àquilo a que chamou “fraquezas significativas na gestão das finanças públicas”.

Em entrevista à Lusa, durante a passagem por Lisboa para a realização de uma conferência, Tony Stringer disse que “se Moçambique conseguir resolver a questão das finanças públicas e melhorar a confiança na sua capacidade para garantir isto, deve ser um destino relativamente atraente para o investimento externo”.

Apesar das críticas à gestão do processo que atirou Moçambique para o “default” por parte das três maiores agências de notação financeira, e que motivou o corte de financiamento por parte do Fundo Monetário Internacional e dos doadores internacionais, o director do departamento de “ratings” soberanos da “Fitch” diz que, ainda assim, há aspectos positivos na economia moçambicana.

“Há sinais bons em termos macro-económicos: o crescimento está a recuperar, o potencial é grande devido aos recursos naturais e o país está a fazer progressos nos megaprojetos”, disse Tony Stringer, exemplificando que “a petrolífera italiana ‘Eni’ assinou contratos que podem dar sete ou oito mil milhões de dólares em receitas nos próximos anos, e a ‘Anadarko’ conseguiu alguns acordos com empresas chinesas” para a venda do gás explorado em Moçambique.

“A moeda está a recuperar”, acrescentou Tony Stringer, referindo-se à valorização do metical desde o segundo semestre do ano passado, depois de ter tido uma das maiores desvalorizações durante a segunda metade de 2016 e os primeiros meses de 2017.

Esta desvalorização do metical levou a um aumento proporcional do rácio da dívida pública face ao PIB, referiu Tony Stringer. “Outra preocupação é que há muito barulho relativamente ao rácio da dívida sobre o PIB, porque uma proporção muito grande da dívida é em moeda estrangeira, e dependendo da evolução do metical, isso torna o rácio mais volátil”, disse Tony Stringer. E afirmou: “O maior desafio do país é, de uma forma institucional, lidar com as fraquezas da gestão das finanças públicas, concentrar-se em garantir que os atrasos nos pagamentos aos fornecedores não aumentam, porque isso prejudica e aumenta os problemas da dívida soberana e, por último, ter um sistema responsabilizante, no qual seja claro para os observadores externos de onde vem o dinheiro do Governo, qual o perfil da dívida e como fazem os pagamentos”. (Redacção)

6 COMMENTS

  1. 我們採用國際及美國食品及藥物管理局FDA認可的CO2 激光儀 LUTRONICS® SPECTRA SPR, 具安全性, 準確度高 . 二氧化碳激光可安全地去除皮膚上的癦痣、肉粒、疣、老人斑等問題。此激光的幼細光束可準確及直接地將要去除的組織氧化,過程快捷,傷口細小及乾淨,對周圍的皮膚傷害減至最少。一般1-2次就可永久去除。

  2. … [Trackback]

    […] Find More here|Find More|Find More Informations here|Here you can find 38276 more Informations|Informations to that Topic: canal.co.mz/2018/02/mocambique-e-uma-historia-lamentavel/ […]

  3. … [Trackback]

    […] Read More on|Read More|Read More Informations here|Here you will find 13283 more Informations|Informations to that Topic: canal.co.mz/2018/02/mocambique-e-uma-historia-lamentavel/ […]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

oito − três =