Troço Beira-Machipanda terá quatro portagens

0
1341

Maputo (Canalmoz) – O Conselho de Ministros informou que aprovou ontem uma resolução que autoriza o Fundo de Estradas a proceder à cobrança de taxas de portagem ao longo da Estrada N6, no troço Beira-Machipanda.

A decisão foi anunciada por Armindo Ngunga, porta-voz da 18.ª sessão do Conselho de Ministros, realizada na terça-feira na cidade de Maputo. Na ocasião, não foram revelados os montantes a cobrar nem a data prevista para a introdução da medida. São, ao todo, quatro portagens, num troço de 290 quilómetros, construído pela empresa chinesa “Anhui Foreign Economic Construction Co”. Avaliada em 410 milhões de dólares, a obra do troço Beira-Machipanda foi financiada pelo “EXIM Bank”, da China

Ainda ontem, o Conselho de Ministros aprovou o decreto que aprova a transferência extraordinária de um financiamento para apoiar a reconstrução do muro de protecção da cidade da Ilha de Moçambique.

O decreto determina a transferência extraordinária de 31.570.800.00 de meticais do Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável para o Conselho Municipal da cidade da Ilha de Moçambique, com vista a apoiar a reconstrução do muro de protecção e reduzir os impactos sócio-económicos da sua degradação. (Eugénio da Câmara)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × um =