No distrito de Palma: Terroristas voltam a atacar e assassinam quatro pessoas e queimam cinco casas

0
170

Maputo (Canalmoz) – O terror continua em Cabo Delgado e sem perspectivas de chegar ao fim. Quatro pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida na noite do passado sábado, quando um grupo de desconhecidos atacou a aldeia de Macanga-Nhica do Rovuma, no posto administrativo de Pundanhar, no distrito de Palma, na província de Cabo Delegado.

Segundo apurou o “Canalmoz” de fontes no local, o grupo armado incendiou cinco casas nesta aldeia, que se situa a cerca de 19 quilómetros a sudeste da vila de Palma. O ataque anterior tinha acontecido a 22 de Junho, em Maganja, uma aldeia no interior de Palma. Desta vez, os atacantes traziam armas brancas e também uma arma de fogo com que atingiram a tiro um civil, que sobreviveu, após ter sido dado como morto pelos criminosos. Quatros cidadãos foram decapitados.

A vaga de violência que se tem registado desde 27 de Maio já provocou a morte de aproximadamente cinquenta pessoas, incluindo civis, agressores e dois elementos das Forças de Defesa e Segurança.

Em contacto com o “Canalmoz” na tarde de ontem, o comandante da Polícia em Cabo Delgado, Joaquim Sive, não confirmou nem desmentiu as ocorrências, tendo dito apenas que não estava na província.

“Estou  fora de Pemba e de Cabo Delgado. Não tenho nenhuma informação”, disse. Em Maputo, o Comando-Geral informou que não tem conhecimento do sucedido. (Cláudio Saúte)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here