Em Tete: Polícia diz que usou violência para proteger um bem de luxo

0
309
Porta-voz da Polícia no Comando-geral, Inácio Dina

Diz também que a Renamo havia mantido três pessoas em cativeiro na sua sede política.

Tete (Canalmoz) – A Polícia da República de Moçambique em Tete invadiu a Delegação da Renamo naquela cidade, agrediu e prendeu doze membros deste partido, numa acção de extrema brutalidade, com requintes de premeditação. Em conferência de imprensa realizada ontem, em Maputo, o porta-voz da Polícia no Comando-geral, Inácio Dina, reconheceu a violência, mas disse que a mesma se justificou, porque a situação estava a sair do controlo e disse que a Renamo havia mantido em cativeiro, na sua sede, três cidadãos, entre os quais um adolescente de 13 anos de idade. Disse também que a Polícia agiu porque viu que uma viatura (“um bem de luxo”) estava a ser destruída, e queria evitar danos maiores.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here