Estudo aponta que alto custo de energia e combustíveis no país está ligado à corrupção

2
656

Maputo (Canalmoz) – Do preço que o consumidor moçambicano paga pelo gasóleo, gasolina e gás de cozinha nos postos de venda ao público, apenas metade é referente ao custo real do produto. A outra metade cobre despesas não declaradas publicamente, como, por exemplo, subsídios às gasolineiras, garantias bancárias para as importações dos combustíveis, despesas de distribuição, taxas e impostos.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

treze − dez =