Menina de sete anos raptada na Beira

0
80

Beira (Canalmoz) – Uma menina de sete anos de idade foi raptada na manhã do passado sábado no Bairro de Ponta-Gêa, na cidade da Beira, província de Sofala. Segundo apurou o “Canalmoz”, trata-se de Daaniyah, filha de um clérigo e importante comerciante local, de nome Zeyn.

Segundo Marilto Peralto, porta-voz do Comando Provincial da PRM em Sofala, a criança foi raptada por um grupo de quatro indivíduos armados e mascarados, em frente a uma escola privada que lecciona a língua inglesa, onde a menina pretendia entrar para mais um dia de actividades lectivas.

Segundo testemunhas, que não quiseram ser identificadas, a viatura em que a menina seguia, quando chegou à escola já estava a ser seguida pelo grupo de raptores. A menina vinha numa viatura acompanhada por um adulto e, quando ia descer, dois homens armados cercaram o carro e levaram-na para a sua viatura e puseram-se em fuga.

Ainda não se sabe do paradeiro da menina e nem sobre os seus parentes. Mas testemunhas dizem que se tratar da filha de um empresário residente na Beira.

Foi registada uma outra ocorrência, no fim-de-semana, no distrito do Búzi, no Sul de Sofala: um homem de 57 anos de idade matou um amigo com uma faca, em plena bebedeira.

Marilto Peralto diz que este caso deu-se por volta das 17h00 do passado sábado, quando os dois se encontravam a beber, e envolveram-se numa briga por causas alegadamente ligadas ao consumo de bebidas alcoólicas.

“O caso já se encontra nos outros níveis da Justiça, pois já foi instaurado um processo-crime contra o mesmo e que será julgado e condenado pelo mesmo. O caso de homicídio voluntário registou-se nas redondezas da vizinhança do malogrado, onde se produz bebida caseira, vulgarmente conhecida por ‘tontonto’”, disse.

Já ocorreram outros casos semelhantes nesta região. Só neste ano, sete pessoas já perderam a vida em circunstâncias idênticas. (José Jeco)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here