Pelos nossos compatriotas de Cabo Delgado

0
222

Maputo (Canalmoz) – Há cerca de dois milhões de moçambicanos (segundo os dados do mais recente Recenseamento Geral da População) em Cabo Delgado, que dormem e acordam sem saber se, nas próximas horas, estarão vivos, ou se uma catana lhes separará a cabeça do resto do corpo. Não há excepção: homens e mulheres, adultos e crianças vivem na incerteza da vida, fugindo de aldeia em aldeia, deixando para trás a sua terra e os seus poucos pertences.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × cinco =