Por representar perigo de fuga: Departamento de Justiça dos EUA recomendou à Justiça sul-africana para negar pedido de caução e liberdade provisória de Chang

33
7007

A Procuradoria-Geral da República submeteu pedido de extradição de Manuel Chang para Moçambique, mas os EUA dizem que têm legitimidade para julgá-lo, porque burlou investidores daquele país e usou os seus bancos.

Maputo (Canalmoz) – Manuel   Chang, ex-ministro das Finanças e deputado da Frelimo vai hoje a mais uma audiência para conhecer o seu futuro. Através dos seus advogados, Chang requereu liberdade provisória mediante pagamento de caução, mas também vai jogar com um pedido de extradição submetido no dia 10 ao tribunal sul-africano pela Procuradoria-Geral da República de Moçambique.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

33 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezesseis + 20 =