Detida uma congolesa por embarcar clandestinamente num avião no Aeroporto de Mavalane

0
224

Maputo (Canalmoz) – Uma cidadã de nacionalidade congolesa, indocumentada, foi detida no Aeroporto Internacional de Maputo, no passado dia 2 de Fevereiro, por ter embarcado clandestinamente num voo da TAP (Transportes Aéreos Portugueses) com destino a Lisboa.

A cidadã estrangeira foi devolvida a Maputo, e o Serviço Nacional de Migração  encetou diligências que permitiram verificar que a mesma não está registada no sistema de controlo de migração, ou seja, não passou pelos balcões de atendimento do Serviço Nacional de Migração  no Posto de Travessia de Mavalane. Foi verificada a lista de passageiros, onde se constatou que o seu nome não estava aí registado. “Por haver indícios de ter havido facilitação da sua entrada na aeronave usando canais não oficiais, o Serviço Nacional de Migração  remeteu os autos às entidades competentes, para a devida investigação e apuramento das circunstâncias em que se deu o embarque”, explicou Celestino Matsinhe, porta-voz do Serviço Nacional de Migração.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

vinte − 15 =