Partido Frelimo volta a extorquir a funcionários públicos para financiar as suas actividades

0
635

Maputo (Canalmoz) – O partido Frelimo volta a exigir que os funcionários públicos descontem valores monetários dos seus salários para o pagamento de actividades desse partido. Desta vez, o dinheiro é para pagar a logística da fiscalização das eleições.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 + dezessete =