Renamo reafirma que Ossufo Momade só sai da Gorongosa depois da materialização dos consensos

0
370

Maputo (Canalmoz) – Ossufo Momade, o novo presidente da Renamo, que fixou residência na Serra da Gorongosa em Maio do ano passado, quando foi indicado como coordenador da Comissão Política daquele partido, para substituir Afonso Dhlakama, só vai abandonar as matas após a materialização dos consensos conseguidos nas negociações com o Governo sobre desmobilização, desarmamento e reintegração dos homens da Renamo nas Forças de Defesa e Segurança. Quem o afirma é Gania Mussagy, deputada e membro da Comissão Política da Renamo, que falava ontem a jornalistas em Maputo. Gania Mussagy pensa que em dois meses o processo de desmobilização, desarmamento e reintegração estará concluído. Ossufo Momade precisa de fazer o trabalho político para as eleições de Outubro, uma vez que é candidato a Presidente da República. “Ele vai fazer campanha. Vai fazer trabalho. Esperamos que, daqui a dois meses, saiam os resultados do enquadramento dos nossos homens”, disse Gania Mussagy, quando lhe foi perguntado quando é que Ossufo Momade sairá das matas, e reafirmou: “Depende dos consensos”.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × cinco =