Falta de dinheiro para eleições: Adriano Nuvunga afirma que CNE deve requalificar material e pensar em poupar antes de pedir dinheiro

0
1012

O Centro de Integridade Pública diz que a CNE aumentou em 508% o orçamento para  este ano e recomenda auditoria às contas daquela instituição.

Maputo (Canalmoz) – A Comissão Nacional de Eleições anunciou, no dia 14 de Fevereiro, que tem um défice de cerca  de  8.100  milhões de meticais, correspondente a 56% do orçamento (14.600 milhões de meticais) para financiar as despesas com as eleições deste ano. Neste momento, a CNE tem 6.500 milhões de meticais. A CNE diz que o Presidente da República, Filipe Nyusi, está a trabalhar junto dos parceiros para conseguir financiar o défice. Numa altura em que o Centro de Integridade Pública publicou um artigo que dá conta de que o orçamento da CNE subiu 508% de 2014 para 2019, Adriano Nuvunga, director do ADS e docente universitário, disse, em entrevista ao “Canalmoz”: “Antes de a CNE pedir mais dinheiro, que depois é gasto em pagamento de comissões, o STAE deve fazer um trabalho interno de requalificação do material que já existe e ver onde pode poupar”.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dez − dois =