Tribunal de Sofala vai julgar sete cidadãos chineses por contrabando de madeira

0
410

Beira (Canalmoz) – A Procuradoria Provincial de Sofala, anunciou, ontem, na cidade da Beira, o julgamento de sete cidadãos de nacionalidade chinesa e treze de nacionalidade moçambicana, envolvidos no contrabando de madeira na zona-tampão do Parque Nacional da Gorongosa, na região centro de Moçambique. Dezanove dos arguidos aguardam julgamento em liberdade.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

nove + 16 =