Ex-embaixador condenado a dez anos e adido financeiro condenado a nove anos

0
671

Maputo (Canalmoz) – O Tribunal Judicial da Cidade de Maputo condenou, na quinta-feira, Bernardo Marcelino Xerinda, ex-embaixador de Moçambique na Federação Russa, a uma pena de 10 anos e 8 meses de prisão efectiva e condenou Horácio Matola, adido financeiro e administrativo da Embaixada na altura dos factos, a 9 anos de prisão

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dez + treze =