FMI considera ataques no centro do país e em Cabo Delgado como factores de risco a curto e médio

0
334

Maputo (Canalmoz)A instabilidade militar no centrodo país e os ataques terroristas na província de Cabo Delgado, no Norte do país, e os choques climáticos constituem os principais factores de risco a médio e curto prazo, para a economia moçambicana. A isso junta-se a consolidação fiscal, que é considerada importante para a redução do fardo da dívida.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

17 − treze =