Procuradoria-Geral da República acusa formalmente seis agentes da Polícia do assassinato de Anastácio Matavele

0
281

Maputo (Canalmoz) Oito pessoas, das quais seis são membros da Polícia da República de Moçambique, foram formalmente acusadas do assassinato de Anastácio Matavele. activista social. Dos seis   polícias, dois ocupavam cargos de chefia. A acusação foi deduzida pela Procuradoria Provincial de Gaza no dia 14 de Novembro e remetida ao Tribunal Judicial da Província de Gaza.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

treze − onze =