Polícia diz que ainda não tem pistas dos autores do espancamento e tentativa de sequestro do jornalista Matias Guente

0
701

Maputo (Canalmoz) – Depois de, na tarde do dia 31 de Dezembro, o comandante-geral da Polícia ter dito que o espancamento e a tentativa de raptar Matias Guente, editor executivo do Canal de Moçambique”, foi obra de aproveitadores que querem criar agitação, o porta-voz do Comando Geral da Polícia, Orlando Mudumane, disse à imprensa, na quinta-feira, que o Serviço Nacional de Investigação Criminal ainda está investigar o que está por detrás do crime e que a Polícia ainda não tem pistas.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

onze + cinco =