Tribunal recusa-se a fornecer extractos de conversas telefónicas entre os assassinos de Anastácio Matavele

0
584

Maputo (Canalmoz) O Tribunal Judicial da Província de Gaza recusou  um pedido da família de Anastácio Matavele para no âmbito da instrução contraditória do processo-crime que investiga o assassinato de Anastácio Mataveleaceder a extractos de conversas telefónicas mantidas entre os arguidos nos dias 5, 6 e 7 de Outubro do ano passado.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

sete + 6 =