Governo de Nyusi recua e revoga o decreto sobre taxas milionárias para a imprensa

0
87

Maputo (Canalmoz) O Conselho de Ministros anunciou, na quarta-feira, a decisão sobre o recuo do Governo em relação ao polémico decreto que estabelecia a cobrança de altas tarifas para a implantação de uma empresa da comunicação e a fixação de agências e correspondentes estrangeiros em Moçambique, proposto por Emília Moiane, ex-jornalista da TVM e actual directora-geral do GABINFO.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 + 20 =