INAE incinerou duzentas e oitenta e três caixas de óleo alimentar “Dina”

0
464

Maputo (Canalmoz) Depois de ter sido declarado impróprio para o consumo humano, pela Inspecção das Atividades Económicas, alguns agentes económicos ignoraram o alerta feito pela instituição e continuaram avender o óleo alimentar da marca Dina.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro + 6 =