Ministério do Interior e Elísio de Sousa não concordam com a condenação dos membros dos esquadrões da morte e vão recorrer

0
564

Maputo (Canalmoz) Sem grandes surpresas, o Tribunal Judicial da Província Gaza condenou ontem, quinta-feira, 18 de Junho, os membros da Polícia afectos à companhia do Grupo de Operações Especiais, da Unidade de Intervenção Rápida, que também pertencem ao grupo de esquadrões da morte, envolvidos no assassinato de Anastácio Matavele.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

oito + 3 =