Nuno Rogeiro e a entrevista ao Canal de Moçambique

0
6956

O autor do livro “O Cabo do Medo”, o cidadão português, Nuno Rogeiro informou, ontem, através da sua página do Facebook que a entrevista publicada pelo Canal de Moçambique, assinada pelo jornalista Manuel Matola é falsa, criando uma grande confusão e danos reputacionais incalculáveis ao Canal de Moçambique.

Em primeiro, gostaríamos de tranquilizar aos leitores, informando que a entrevista não é falsa. É verdadeira de uma ponta à outra. Foi conduzida pelo jornalista Manuel Matola que colabora com vários meios de comunicação internacionais, incluindo o Canal de Moçambique. Em segundo lugar, informar que nessa nobre profissão, infelizmente, vamos cruzando caminho com gente de vária índole e vamos aprendendo a ser mais selectivos, separando gente séria e não séria.

Vamos aos factos: Na semana passada, Manuel Matola contactou Nuno Rogeiro via Messenger e identificou-se como jornalista que é: correspondente em Portugal da rádio sul-africana Canal África do grupo SABC, responsável editorial do jornal É@GORA, uma publicação virada para a temática da imigração em Portugal. Pediu-lhe uma entrevista sobre o livro.

Prontamente, Nuno Rogeiro aceitou, facultou-lhe o seu número de telemóvel e marcaram a entrevista por vídeo chamada. A entrevista aconteceu no dia 04 de Junho (quinta-feira) e durou cerca de 34 minutos. Parte da entrevista (quase 7 minutos) foi publicada na SABC porque era bastante longa para a Rádio. A peça foi publicada na segunda-feira, dia 08 de Junho.

Vendo que a informação era útil para o público moçambicano, às 21:30 do dia 08 Junho, Manuel Matola escreveu ao Nuno Rogério o seguinte:

“Boa noite caro Nuno! Vou publicar a nossa entrevista também no Canal de Moçambique. Hoje publiquei no Canal África (SABC). Mas há muita coisa por explorar e achei passar a entrevista na íntegra em Maputo, no caso, Canal de Moçambique”.

Doze minutos depois Nuno Rogério respondeu: [08/06, 21:42] Nuno Rogério: Ok, espero que tenha servido

[08/06, 21:42] Manuel Matola: Sim. Está muito interessante.

[08/06, 21:42] Manuel Matola: Grato. Abraço”.

De seguida, Manuel Matola enviou a entrevista ao Editor Executivo do Canal de Moçambique, Matias Guente e a mesma foi transcrita integralmente e publicada, ontem, quarta-feira.

Ontem a noite, por volta das 23 horas de Maputo, Nuno Rogeiro escreveu nas redes sociais que a entrevista era falsa. O Canal de Moçambique disponibiliza aqui a entrevista completa em formato áudio para os estimados leitores fazerem o devido juízo.

E, nestes termos, reservamo-nos ao direito de recorrer ao tribunal para a competente reparação dos danos reputacionais incalculáveis que a atitude e postura, a todos os títulos condenáveis, do cidadão Nuno Rogeiro, estão a causar ao Canal de Moçambique e ao nosso colega e colaborador Manuel Matola.

Maputo, 11 de Junho de 2020

A Direcção Editorial

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 + 6 =