Tribunal Administrativo condena empresa mineradora “Jindal” a realojar setenta famílias em Tete

0
384

Maputo (Canalmoz) O Tribunal Administrativo da Província de Tete condenou a empresa mineradora“Jindal Mozambique Minerals, Lda a realojar setentanovas famílias da comunidade de Cassoca, constituídas dentro da concessão mineira que lhe foi atribuída para a exploração de carvão mineral, numa área localizada em Chirodzi, no distrito de Marara, na província de Tete.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × cinco =