Apoio aos pobres durante o estado de emergência: Um total de 21.796 famílias vai perder apoio porque “não estavam em casa” quando os técnicos do INAS faziam levantamento

0
476

Maputo (Canalmoz) – Numa altura em que a palavra de ordem é “Fiquem em Casa”, cerca de vinte uma mil famílias pobres, em diferentes distritos municipais da cidade de Maputo, possivelmente não terão apoio social directo de emergência, vindo do Instituto Nacional de Acção Social, porque, supostamente, não se encontravamem casa no momento em que uma equipa recolhia dados sobre pessoas que vivem em condições miseráveis nos bairros.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × um =