“Sasol” renunciou à licença dos Blocos 16/19 devido a problemas financeiros e dívidas e não por activismo ambiental

0
543

Maputo (CanalMoz)- A empresa sul-africana petroquímica “Sasol” anunciou, no domingo, 6 de Julho, que desistiu da pretensão de explorar os Blocos 16/19 na costa moçambicana, mais concretamente nos distritos de Govuro, Inhassouro e Vilankulo, na província de Inhambane, alegadamente por motivos ambientais. Mas,segundo diz o Centro para Democracia e Desenvolvimento, a razão é outra: problemas financeiros causados pela queda do preço de petróleo no mercado internacional e pelas dívidas acumuladas no âmbito da expansão das suas actividades nos Estados Unidos da América.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × 4 =