Treze moçambicanos que viviam ilegalmente na Suazilândia foram deportados

0
164

Maputo (Canalmoz) Um comunicado do Serviço Nacional de Migração, distribuído ontem à imprensa,informa que, durante a semana passada, foram deportados do Reino de Eswatine treze cidadãos moçambicanos, dos quais três são do sexo masculino e dez são do sexo femininos, com idades dos 27 aos 33 anos, por permanência ilegal e falta de documentos de identificação.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 − 3 =