Alfândegas querem colectar um milhão de meticais com matrículas estrangeiras que circulam em Moçambique

0
423

Maputo (Canalmoz) O director-geral das Alfândegas, Taurai Tsama, reconhece que, no país, há viaturas, motociclos, atrelados, tractores e barcos a circularem com documentos obtidos de forma fraudulenta, com licenças de importação temporária expiradas e com títulos de propriedade pertencentes a outras viaturas.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

9 + dois =