Carga que explodiu em Beirute: Governo moçambicano explica importação de nitrato de amónio e esconde fábrica de explosivos

1
174
Filmão Suaze, porta-voz do Conselho de Ministros.

Maputo (Canalmoz) O Conselho de Ministros reagiu sobre o envolvimento de Moçambique como sendo o destinatário da carga de explosivos que, na semana passada, explodiu num armazém no porto da cidade de Beirute, no Líbano.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição. 

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

20 + 8 =