Fogo posto nas instalações do “Canal de Moçambique”: Porta-voz do Conselho de Ministros diz que a Justiça vai esclarecer o caso

0
556
Ludovina Bernardo, vice-ministra da Indústria e Comércio.

Maputo (Canalmoz) – Vinte e quatro horas depois do atentado contra o “Canal de Moçambique”, que destruiu por completo as instalações onde funciona o jornal, o Governo moçambicano reuniu-se, e a porta-voz da sessão, Ludovina Bernardo, disse que o Governo não abordou a questão. O assunto não foi agenda do Governo.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × 5 =