Um dia após o escritório do jornal ter sido incendiado: Editor do “Canal de Moçambique” notificado para audição no caso sobre segredo de Justiça

0
424

Maputo (Canalmoz) – Quando ainda se estava a gerir os danos causados pelo fogo posto que consumiu por completo as instalações do “Canal de Moçambique”, facto que ocorreu na noite de domingo, o editor executivo do jornal, Matias Guente, foi notificado pela Procuradoria da Cidade de Maputo para responder em auto de perguntas, e pela segunda vez, no caso sobre segredo de Estado, em que são queixosos o Ministério do Interior e o Ministério da Defesa.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × três =