Agente do SERNIC violou criança de treze anos, está impune e afirma que nada lhe vai acontecer

0
182

Maputo (Canalmoz) – Um agente do Serviço Nacional de Investigação Criminal é acusado de ter violado uma criança de treze anos de idade, ter filmado e ter exposto as partes íntimas da criança. O referido agente, que, segundo organizações não-governamentais, chama-se Idílio José Moreira, está impune e tem dito que não lhe vai acontecer nada.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

11 − oito =