Governo rendido aos terroristas abandona propaganda de guerra e pede ajuda à União Europeia

0
275

Maputo (Canalmoz) – Depois cerca de três anos a tentar alimentar uma propaganda de guerra com discursos triunfalistas dizendo que os terroristas estavam controlados, o Governo assumiu, pela primeira vez, a sua incapacidade para travar os ataques terroristas que fustigam a zona norte da província de Cabo Delgado, tendo provocado a morte de cerca de mil pessoas, trezentos mil deslocados e um rasto de destruição.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × 4 =