INAE apreendeu cerca de setecentas garrafas de óleo alimentar impróprio para consumo humano

0
75

Maputo (Canalmoz) – O porta-voz da Inspecção Nacional das Actividades, Tomás Timba, disse ontem, 22 de Setembro, que apreendeu no mercado um lote de óleo “Fula” e azeite “Bom Amigo” impróprio para o consumo humano. Trata-se do lote “L19115”, que foi confirmado como sendo impróprio para consumo humano, ao longo da semana, pelo Ministério da Saúde, por não apresentar a vitamina “A”, apropriada para combate à desnutrição crónica.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 + 12 =