Malária matou trinta e seis pessoas em Sofala

0
207

Beira (Canalmoz) – Trinta e seis pessoas morreram no primeiro semestre deste ano, vítimas de malária, num total de quinhentos mil e setecentos casos da doença notificados em diversas unidades hospitalares da província de Sofala, disse, ontem, segunda-feira, 12 de Outubro, o governador de Sofala, Lourenço Bulha, à margem da reunião de planificação para a campanha de distribuição de redes mosquiteiras.


Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro − um =