Adriano Nuvunga contesta “sociedade civil” dos partidos políticos

0
90

Maputo (Canalmoz) – A Assembleia da República lançou na quinta-feira, 12 de Novembro, o concurso público para a selecção de sete membros da sociedade civil para fazerem parte da Comissão Nacional de Eleições. O processo será conduzido por uma Comissão ad-hoc constituída por deputados das bancadas parlamentares. O director executivo do Centro para a Democracia e Desenvolvimento, Adriano Nuvunga, diz que não se revê no processo e ameaça impugná-lo, porque não é independente, e que, no fim do dia, os eleitos vão para a CNE defender interesses dos partidos.


Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezesseis − 15 =