Com cerca de 530.000 deslocados: ACNUR diz que crise humanitária em Cabo Delgado continua a deteriorar-se

0
72

Maputo (Canalmoz) O documento mais recente do Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados diz que a situação humanitária na província de Cabo Delgado continuou a deteriorar-se, colocando cerca de 530.000 deslocados internos espalhados pela província e nas províncias de Nampula, Niassa e Zambézia.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × quatro =