Assembleia da República quer que o Governo canalize para as comunidades os valores decorrentes dos projectos da indústria extractiva

0
276

Maputo (Canalmoz) – A legislação moçambicana estabelece que 20% de qualquer taxa de exploração de recursos naturais destina-se ao benefício das comunidades locais da área onde foram extraídos os recursos. Por todo o país, há relatos de comunidades que não beneficiam dos 20%. Várias organizações não-governamentais têm-se batido para esse direito seja cumprido, mas o problema continua.


Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × 4 =