Jacob Zuma foi condenado a quinze meses de prisão efectiva por corrupção e a África do Sul está dividida

0
151

Maputo (Canalmoz) – Jacob Zuma, ex-Presidente da África do Sul, foi condenado ontem, terça-feira, 29 de Junho, a quinze meses de prisão pelo Tribunal Constitucional da África do Sul, por desacato ao tribunal, ao não comparecer a audiências de um painel contra a corrupção que analisava acusações contra ele de desvio de fundos públicos. O tribunal deu cinco dias para Jacob Zuma se entregar à Justiça, findosos quais o tribunal irá ordenar a sua detenção.


Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois + 16 =