Jacob Zuma volta a desafiar o tribunal: “Sentença inconstitucional e juízes cheios de sentimentos”

0
448

Maputo (Canalmoz) – A Fundação Jacob Zuma rejeitou ontem, quinta-feira, 1 de Julho, a sentença do Tribunal Constitucional da África do Sul, que condena Jacob Zuma, ex-Presidente da República, por desacato ao tribunal, por se ter recusado a comparecer a audiências de um painel contra a corrupção, que analisava acusações contra ele de desvio de fundos públicos.

Ler na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × um =