Portugal diz que França está a financiar Ruanda para defender interesses da “Total”

0
354

Maputo (Canalmoz) – Uma reportagem do jornal Público,de Portugal, com o título Cabo Delgado, a guerra por procuração da França, indica que a intervenção militar do Ruanda está a ser financiada pela França, com fundos da empresa petroquímica francesa Total, que dirige o projecto Mozambique LGN, na Bacia do Rovuma, em Cabo Delgado. Esta informação contraria as declarações do Presidente da República, Filipe Nyusi, segundo as quais a chegada das tropas ruandesas a Moçambique não tinha custos e que se enquadrava no princípio de solidariedade por uma causa nobre e comum.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze − 10 =