Economistas dizem que políticas em uso no país não protegem os trabalhadores

0
132

Maputo (Canalmoz) – Alguns economistas consideram que o modelo de fixação do salário mínimo nacional em uso no país foge do seu objectivo essencial que seria de assegurar aos trabalhadores a protecção social necessária.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezessete + 15 =