Maputo e Sofala com maior número de casos de falsificação da quantidade de gás doméstico

0
137

Maputo (Canalmoz) A fiscalização do peso de botijas de gás doméstico, nas províncias de Maputo e Sofala, levaram à reprovação de setenta e três produtos, por insuficiência do peso recomendado pelas entidades competentes. Com um total de 1.758 amostras de botijas verificadas, dasquais 213 aprovadas e 73 reprovadas, o Instituto de Normalização e Qualidade diz que o problema mais incisivo na redução do peso de gás verifica-se nas botijas de 9 kg, 11 kg e 20 kg, que são de uso frequente na sociedade moçambicana.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × dois =