IMD diz que covid-19 continua a limitar direitos constitucionais

0
149

Maputo (Canalmoz) –

Maputo (Canalmoz) – Moçambique celebrou ontem, terça-feira, 30 de Novembro, trinta e um anos desde a entrada em vigor da Constituição da República que consagrou o multipartidarismo como um elemento fundamental para a participação democrática dos cidadãos na governação do país.A celebração decorreu numa altura em que o país e o Mundo são duramente afectados pela pandemia de covid-19. A organização não-governamental Instituto para Democracia Multipartidária considera que a pandemia tem forçado o Governo a impor restrições que colidem com os direitos e liberdades consagrados na Constituição da República econdicionam o direito de reunião, realização de manifestações, e de marchas.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze − 2 =