MDM e as portagens: “É um verdadeiro assalto ao bolso dos cidadãos incapazes de suportar mais uma despesa”

0
259

Maputo (Canalmoz) Vinte e quatro horas depois do anúncio, pela empresa “Rede Viária de Moçambique” (concessionária da Estrada Circular de Maputo e gestora das portagens), da entrada em funcionamento das portagens e respectiva cobrança, começaram as reacções de repúdio. O Movimento Democrático de Moçambique considera que a entrada em vigor das quatro portagens “representa um verdadeiro assalto ao bolso dos cidadãos, incapazes de suportar mais uma despesa, aliado ao recente agravamento da tarifa de energia eléctrica, transporte de passageiros e de produtos de primeira necessidade.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

onze − nove =