Efigénio Baptista adia leitura da sentença porque “são 30 mil páginas para ler”

0
143

Maputo (Canalmoz) – O Tribunal Judicial da Cidade de Maputo anunciou ontem, 18 de Julho, o adiamento da leitura da sentença do julgamento do caso das dívidas ocultas, de 1 de Agosto para 30 de Novembro do ano corrente. O julgamento decorreu de Agosto de 2021 a Março de 2022. O Tribunal justifica que a decisão deve-se à “complexidade do processo”, ao número de páginas e à sobrecarga de trabalho.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

10 + quinze =