Ameaça de morte a Nuvunga: SERNIC em silêncio absoluto uma semana depois

0
261

Maputo (Canalmoz) – O Serviço Nacional de Investigação Criminal da cidade de Maputo ainda não quer falar do caso sobre Adriano Nuvunga, que, na segunda-feira da semana passada, acordou com duas munições de uma arma AK-47 no quintal da sua residência, na cidade de Maputo. “Canalmoz” sabe que um dos responsáveis pelo caso é um agente de quem só conseguimos apurar o apelido. Chama-se Moiane e está afecto ao SERNIC no distrito municipal KaMavota, que abrange a zona onde viveAdriano Nuvunga.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × 3 =