CTA contraria o CIP e diz que o preço dos produtos baixou para o consumidor final

0
537

Maputo (Canalmoz) – O Centro de Integridade Pública publicou, há dias, um estudo segundo o qual a redução do IVA no óleo alimentar, sabão e açúcar não estava a ter impacto no preço final e que estava ser usado pelos agentes comerciais para seu próprio benefício. A Confederação das Associações Económicas (CTA) de Moçambique, convidou a imprensa ontem, 29 de Setembro, para contrariar as constatações do CIP. Os empresários começaram por vangloriar-se pelo feito da redução do IVA nos produtos de primeira necessidade, tais como açúcar, óleo alimentar e sabão, mas a realidade mostra o contrário.

Ler mais na versão PDF, mediante subscrição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × 5 =